Digite no mínimo 3 caracteres!
Comunidade

Homem ajuda morador de Ponte Serrada e anúncio sobre venda de casa viraliza nas redes sociais

Anúncio no Facebook está gerando grande repercussão nas redes sociais

Por: Felipe Bastos
12/01/2022 14h03 - Atualizado há um semana
Foto: Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal

Matheus Alves Vidal, tem 25 anos e é natural de Jaborá. Mas há quase dois anos mora em Xavantina onde trabalha como servidor público. É bacharel em Direito e Especialista em Direito Criminal.

Ele conta que não tem muito costume de acessar as redes sociais, costuma mais acessar os grupos de compra e venda no Facebook. Até que um dia, um anúncio, chamou atenção de Matheus.

“No dia 10 de junho do ano passado, visualizei uma publicação em um desses grupos, em que um membro buscava vender sua residência em Ponte Serrada. Acontece que o anúncio do vendedor continha inúmeros erros de português, como "caza" (casa), "bric" (negócio), "em formação" (informação) e "sap" (WhatsApp). Me deparei com vários comentários de pessoas maldosas, que zombavam de cada erro de escrita da publicação como se "todos nós tivéssemos nascido doutores em português”, relata Matheus.

Após ver os comentários maldosos das pessoas, ele resolveu ajudar o homem que havia publicado o anúncio sobre a venda de uma casa. 

“Foi aí que pensei: Por que não agir diferente dos demais e, ao invés de criticar, ajudar aquele rapaz? Logo em seguida, fiz uma montagem/edição de um anúncio, em que coloquei a foto da casa e todas as demais informações, como a instalação de água, energia elétrica e a posse da escritura. Também coloquei o WhatsApp do anunciante. Foi uma atitude simples”, conclui.

Desde então, a ação do jovem vem repercutindo nas redes sociais e chamando atenção de muitas pessoas, inclusive, de páginas com boas ações espalhadas do Instagram.

“Agora, quase sete meses depois, uma página do Instagram chamada "@razõesparaacreditar", que publica coisas boas feitas no mundo, fez o print e publicou nas redes sociais. Acontece que essa página tem mais de quatro milhões de seguidores. No último dia seis de janeiro, eu estava em uma reunião na prefeitura, quando de repente meu telefone começou a vibrar, uma notificação atrás da outra. Quando a reunião terminou, fui ver o que havia acontecido de tão importante. Surpresa: minha caixa de mensagens estava lotada e absolutamente todo mundo compartilhando e me parabenizando pelo que fiz”, finaliza.

Matheus confessa ainda que ficou surpreso com tamanha repercussão principalmente nas redes sociais.

“Ainda não entendi como esse fato ganhou tanta repercussão, porque não é "nada demais", é uma atitude muito simples, muito banal e deveria ser normal também. Fiquei surpreso e - não vou negar - muito feliz com a repercussão e com o que aconteceu”, diz.

Matheus afirma ainda que não conheceu o homem que publicou o anúncio e que também não procurou contato. Ele tentou ajudar de alguma forma mesmo que seja no anonimato mesmo.

“É bom demais perceber que as pessoas boas ainda são maioria no mundo. Ajudar o próximo é a melhor maneira de ajudar a si mesmo", termina.

Veja também

Calorão não dá trégua e deve ficar ainda mais forte em Santa Catarina

Temperatura pode chegar aos 40°C em cidades da região Oeste

Caminhoneira e youtuber de SC explica como aconteceu o acidente no MT: “Estava a 40km/h”

Na última quinta-feira (13), a catarinense colidiu o caminhão carregado de soja com outro veículo de grande porte

Prazo de inscrição para concurso do IBGE termina nesta sexta-feira (21)

O Instituto prevê mais de 200 mil vagas de trabalho temporário