Digite no mínimo 3 caracteres!
Comunidade

Mais de 10 mil pessoas passaram pela feira de pássaros e flores de Chapecó

Feira aconteceu durante quatro dias e movimentou os pavilhões da Soco

Por: Felipe Bastos
13/10/2021 19h42 - Atualizado há um semana
A feira também contou com a exposição e comercialização de flores e plantas. Foto: Divulgação
A feira também contou com a exposição e comercialização de flores e plantas. Foto: Divulgação

O evento, promovido pela Sociedade Oeste Catarinense de Ornitologia (SOCO), reuniu cerca de 10 mil pessoas durante os quatro dias. Com foco na conscientização sobre a preservação dos pássaros exóticos e a criação legal desses animais, a feira atraiu a atenção dos visitantes. Além de conhecer mais sobre os pássaros, eles também puderam adquirir seus pets e levar para casa uma companhia e muito amor.

Lizete Vesner, moradora do bairro Efapi, levou o neto Pedro Lucas, de 3 anos, para visitar a feira e comprou uma agapornis para dar a ele de Dia das Crianças. O menino ficou encantado com os pássaros. “Ele queria levar todos, amou os ver os pássaros. Nós temos uma calopsita em casa e resolvemos dar um para ele. É uma excelente companhia”, afirma.  

A feira também contou com a exposição e comercialização de flores e plantas. A Viva Floricultura participou pela segunda vez do evento com a venda de suculentas e folhagens e, também, fazendo um resgate de plantas antigas que não são mais comumente vendidas em floriculturas.  

“É um espaço maravilhoso, seguro, com um público que valoriza o seu trabalho. Passarinho e planta combinam e quem gosta de pássaros geralmente gosta de plantas também. Então, acaba adquirindo os dois para trazer mais alegria à vida”, destaca a proprietária da floricultura, Claudete Queiroz.

Conscientização e cuidado

A feira foi promovida de maneira totalmente gratuita e superou as expectativas da organização. Segundo o diretor de divulgação, Claudio Luiz Ioriat, o público compareceu, conheceu os pássaros, aprendeu sobre a importância da preservação e pôde levar para casa pássaros criados de forma legal, com todos os cuidados exigidos.  

Ioriat adiantou que em 2022 a SOCO promoverá três edições da feira, a fim de oferecer mais oportunidades de troca de experiências entre criadores e amantes dos pássaros exóticos.  

“Ainda existe muito tabu com relação a criação de pássaros exóticos. Muitas pessoas confundem criadores registrados com pessoas que fazem o tráfico de animais. Nós somos totalmente contra esse tipo de prática e combatemos esse tipo de atitude. Todo o trabalho dos criadores é feito dentro da lei, respeitando sempre a qualidade de vida e a saúde dos pássaros. Precisamos difundir cada vez mais informações para que as pessoas compreendam de forma correta o amor que temos pelos pássaros”, conclui.

Veja também

1º Cicloturismo Campina da Cascavel de Xanxerê arrecada mais de mil quilos de alimentos

Entrega dos alimentos para entidades assistenciais será nesta terça-feira (26)

Divulgada lista de artistas credenciados em edital de Intervenção Cultural de Xanxerê

Das 24 inscrições realizadas nas categorias Coletiva e Individual, 12 foram aprovadas

Xanxerê decreta ponto facultativo alusivo ao Dia do Servidor Público

Dia do servidor público será comemorado no próximo dia 28 de outubro