Digite no mínimo 3 caracteres!
Saúde

Menina de 11 anos foi a primeira imunizada contra a covid-19 em Xanxerê

Imunização está sendo realizada na Arena Ivo Sguissardi, das 8h às 11h e das 13h às 16h30

Por: Felipe Bastos
19/01/2022 12h00 - Atualizado há 4 meses
Foto: Prefeitura de Xanxerê
Foto: Prefeitura de Xanxerê

Exatamente um ano após a primeira pessoa adulta ter sido imunizada contra a covid-19 em Xanxerê, Natalia Lunelli Velho, de 11 anos, foi a primeira criança imunizada no município nesta quarta-feira (19). Natalia, quem tem asma crônica, uma das comorbidades listadas pelo Ministério da Saúde como requisito neste momento, esteve acompanhada da mãe, Terezinha.

O município de Xanxerê iniciou a vacinação contra a covid-19 para as crianças de 05 a 11 dos grupos prioritários. A imunização está sendo realizada na Arena Ivo Sguissardi, das 8h às 11h e das 13h às 16h30, com entrada pela porta lateral na Rua Carlos Antonioli, no bairro dos Esportes.

✅ CLIQUE AQUI E RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM PRIMEIRA MÃO NO WHATSAPP

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, Xanxerê tem 4.712 crianças na faixa etária dos 05 aos 11 anos, sendo que foram disponibilizadas apenas 270 doses para esta primeira etapa de vacinação do grupo prioritário.

Para receber a imunização as crianças devem comparecer com os pais ou adulto maior de idade responsável e deve ser apresentado documentos como CPF (de preferência) ou Cartão SUS da criança, além da caderneta de vacinação. Todos devem fazer uso de máscaras e respeitar o distanciamento das outras pessoas.

Veja também

Saúde recomenda a volta do uso de máscaras em SC para evitar casos de síndrome respiratória em crianças

O aumento de casos de síndrome respiratória é a principal causa para a lotação das UTIs neonatais e pediátricas em Santa Catarina

Idoso de 87 anos é o primeiro óbito confirmado por dengue em Concórdia

Outros dois casos ainda estão em investigação

Crise financeira: HRO terá auditoria operacional do Estado para avaliar gastos e dificuldades

Na segunda-feira (23) inicia uma força-tarefa formada pela SES, pelo Tribunal de Contas e auditores em saúde do município