Digite no mínimo 3 caracteres!
Saúde

“Minha mãe não teve a chance”, diz menina de 8 anos após ser vacinada contra a covid-19

Pequena perdeu a mãe para a doença em outubro do ano passado

Por: Felipe Bastos
19/01/2022 15h14 - Atualizado há 4 meses
Foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles
Foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles

A menina Helena Rocha, de oito anos, emocionou pais e outras crianças da fila ao chegar para receber a vacina contra a covid-19, na manhã desta quarta-feira (19), na UBS 1 do Guará, no Distrito Federal. A pequena perdeu a mãe para a doença em outubro do ano passado.

Na fila, Helena já chamava a atenção pela força do depoimento que carregava nas mãos. Ela levou uma foto da mãe com os dizeres: “Eu me vacino! Por mim e por minha mãe, que não teve a chance de se vacinar! 

✅ CLIQUE AQUI E RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM PRIMEIRA MÃO NO WHATSAPP

Mayara morreu aos 33 anos. Ela contraiu o novo coronavírus em julho de 2021 e, após 77 dias internada, não resistiu.

“Temos muito medo dessa doença. Perdemos a nossa filha. Vacinar a Helena é um ato de amor. Ela teve medo, mas foi muito forte e corajosa. É um sentimento de esperança”, diz Rosemary Rocha, 54, avó de Helena e mãe de Mayara.

Rosemary diz que a iniciativa da homenagem foi em conjunto, de toda a família. “Estávamos torcendo para chegar a vez dela. Vamos seguir lutando contra esse vírus”, pontuou a avó da pequena Helena. As informações são do Portal Metrópoles.

Veja também

Saúde recomenda a volta do uso de máscaras em SC para evitar casos de síndrome respiratória em crianças

O aumento de casos de síndrome respiratória é a principal causa para a lotação das UTIs neonatais e pediátricas em Santa Catarina

Idoso de 87 anos é o primeiro óbito confirmado por dengue em Concórdia

Outros dois casos ainda estão em investigação

Crise financeira: HRO terá auditoria operacional do Estado para avaliar gastos e dificuldades

Na segunda-feira (23) inicia uma força-tarefa formada pela SES, pelo Tribunal de Contas e auditores em saúde do município