Digite no mínimo 3 caracteres!
Agro

Pesquisa na Unoesc avalia tratamentos alternativos ao uso de antibióticos em suínos

O estudo ocorre na granja de suínos do campus Xanxerê e é realizada por duas acadêmicas do curso de medicina veterinária

Por: Cristine Maraga
23/08/2021 14h28 - Atualizado há 3 semanas
Pesquisa na Unoesc avalia tratamentos alternativos ao uso de antibióticos em suínos

O crescente uso de antimicrobianos, os conhecidos antibióticos, é uma preocupação não apenas na saúde humana, mas também na saúde animal. Na granja de suínos da Unoesc de Xanxerê, uma pesquisa em andamento no curso de medicina veterinária tem investigado alternativas para a redução no uso deste tipo de medicamentos na suinocultura.

Conforme explica a professora de suinocultura, Aline Fernanda Lopes Paschoal, a pesquisa analisa o tratamento tradicional e outros quatro alternativos ao uso de antimicrobianos. Serão mais de 40 dias de observações e testes.

Os professores determinaram o delineamento experimental do projeto e duas acadêmicas do curso de medicina veterinária são as responsáveis pela pesquisa. Uma delas é a Alana Ribeiro, que está no oitavo período do curso. É ela que alimenta os animais, faz as pesagens e todo o controle necessário, desde a temperatura do ambiente até a observação do comportamento dos suínos. 

A pesquisa pode servir para o mercado da suinocultura, não apenas para a redução do uso de medicamentos, mas também com a formação de profissionais mais qualificados para atuarem no setor, conforme informou o professor de nutrição animal, Tiago Goulart Petrolli. 

Para saber mais detalhes do estudo assista a reportagem produzida pelo Canal Ideal. 

Veja também

Santa Catarina terá Política Estadual de Agroecologia e Produção Orgânica

Um passo importante para fortalecer e incentivar a produção orgânica em Santa Catarina

Agro Forte: amanhã (11) tem a história de um agricultor que fabrica brinquedos em madeira

O Rafael Wiest faz peças em madeira desde criança. Tudo começou com casinhas para passarinho e depois evoluiu para os brinquedos

Ipês amarelos chamam a atenção em propriedade às margens da BR-282 em Xanxerê

As árvores foram plantadas há mais de 20 anos pela família Seraglio