Digite no mínimo 3 caracteres!
Notas de Viagem - por Jessica Edel

Uma viagem pela história do Tirol Brasileiro

Parada obrigatória em Treze Tílias, o museu Andreas Thaler retrata a história da colonização na cidade

Por: Canal Ideal
04/12/2021 11h41 - Atualizado há 8 meses
Uma viagem pela história do Tirol Brasileiro

Quando for visitar Treze Tílias, município localizado no oeste de Santa Catarina, é essencial conhecer a história do seu povo. O Museu Andreas Thaler é parada obrigatória e precisa estar no seu roteiro de visitação. 

O “castelinho” como é conhecido, está localizado no centro da cidade e possui grande imponência perante as demais edificações pela sua cor em tom terroso e também pela sua arquitetura que se mantém intacta há mais de 80 anos.

Construído em 1936, o museu que hoje é uma das principais referências de Treze Tílias, foi residência da família Thaler, e foi arquitetado por imigrantes austríacos que chegaram ao Brasil juntamente com o ex-ministro da agricultura, Andreas Thaler (por isso o nome).

Com quatro andares e diversos cômodos, no museu está toda a mobília original planejada pela família Thaler, e demais doações feitas pela comunidade. O museu possui em seu acervo, objetos das décadas de 30 e 40, entre pinturas, a escrivaninha de Andreas, o livro de poemas de Wilhelm Weber intitulado Die Dreizehnlinden (“As treze tílias”), muitos documentos, e um grande acervo fotográfico.

Com um cenário para belas fotografias, o interior do museu é cheio de fotos e peças antigas que contam muito da história da cidade de Treze Tílias. Fotos: Jessica Edel
Com um cenário para belas fotografias, o interior do museu é cheio de fotos e peças antigas que contam muito da história da cidade de Treze Tílias. Fotos: Jessica Edel

Com panelas de ferro, madeira de lei e aquecimento à água, a cozinha foi planejada e feita sob medida pela família Thaler.

Mesmo após 80 anos, a cozinha projetada para a família Thaler permanece intacta. Foto: Jessica Edel

A casa se tornou museu em 2011, após o falecimento do filho de Andreas, o qual ainda residia na casa. Após o ocorrido, os sobrinhos se reuniram e decidiram doar a construção para a prefeitura como museu.

Os gerânios agregam beleza à construção antiga. Foto: Jessica Edel

  Os quatro pavimentos são distribuídos da seguinte maneira:

– Porão: Onde se encontram ferramentas da época utilizadas no plantio e desenvolvimento da região.

– Térreo: Onde está localizada a recepção, escritório, cozinha, e o grande destaque, o Livro de Poesias que deu origem ao nome do município.

– Nos pavimentos superiores ficam os quartos com móveis da época e ainda, muitas fotografias dos antigos moradores e familiares.

– O último pavimento ainda não está aberto para a visitação, por medidas de segurança, e, segundo informações da Guia, após ser feita a instalação de um corrimão, será liberada a entrada de visitantes.

Caso o visitante queira, poderá doar algum valor simbólico para manutenção do museu. Foto: Jessica Edel

 A visita é guiada e com entrada gratuita. Em poucos minutos é possível passar por todos os cômodos da casa e conhecer a história da cidade de Treze Tílias. Para aqueles que gostam de antiguidades e de história, a vontade é morar por ali.

Também há máquinas de costura doadas pela comunidade. Foto: Jessica Edel

 Localização/Contato:

Rua Brasílico C. de Oliveira - Centro / Treze Tílias
Fone: (49) 3537 0176

Se você gostou do conteúdo, te convido a acessar a minha página e conhecer mais do meu trabalho. 

Veja mais fotos de museu Andreas Thaler em: https://notasdeviagem.com.br/site/publicacao/uma-viagem-no-tempo-/

Curta a página no Facebook: www.facebook.com/BlogNotasdeViagem

Nos vemos na próxima viagem!

 

Veja também

Notas de viagem: Um passeio por Gaurama (RS)

Durante um fim de semana estive conhecendo as belezas e curiosidades do município gaúcho

Florada dos ipês colore ruas de Chapecó

Avenida se transforma com o desabrochar dos ipês-rosas

Um pedaço da Alemanha no Extremo Oeste de Santa Catarina

Conheça São João do Oeste, a capital catarinense da língua alemã