Digite no mínimo 3 caracteres!
Beleza e Bem-estar -  por Dra. Márcia Ferraz

Uso excessivo de procedimentos estéticos e suas consequências

É preciso ter cautela para não exagerar e acabar descaracterizando a fisionomia. Entenda melhor!

Por: Cristine Maraga
21/06/2022 17h30 - Atualizado há 3 dias
Uso excessivo de procedimentos estéticos e suas consequências

A estética orofacial é uma das indústrias que mais cresce mundialmente, com contínua expansão, por isso é importante que os clínicos forneçam terapias sólidas, seguras e eficazes, principalmente baseadas em evidencias científicas. 

Nessa era das selfies o cuidado com a aparência acompanha essa crescente pela busca do rosto perfeito, na tentativa de reproduzir na vida real o que se alcança com os filtros do Instagram. Com isso, aumentou a procura pela harmonização orofacial que são procedimentos estéticos que utilizam técnicas e produtos com intuito de tratar as insatisfações estéticas e funcionais da face, seja por seu formato anatômico ou pelo gerenciamento da beleza.

Entretanto, muitos desses procedimentos são aplicados de maneira exacerbada, em vários casos estão descaracterizando a fisionomia dos pacientes, deixando-os irreconhecíveis, ocasionando então o efeito “pillow face” (rosto de almofada).  As consequências são rostos extremamente volumosos, artificiais ou desarmônicos. 

Ator Rodrigo S'antana numa comparação antes e depois de procedimentos. Foto: Google


Mesmo ciente dos benefícios da harmonização orofacial é preciso ter cautela, pois nosso rosto é composto por diversas camadas: pele, músculos, tecido conjuntivo, gordura subcutânea então cada estrutura deve ser observada separadamente.

Com o envelhecimento ocorrem alterações dentro dessa rede de estruturas, o que deixa a pele flácida, com aspecto de derretimento, essa situação é denominada “ptose facial” e, também, é o motivo que leva as pessoas a preencherem seus rostos para disfarçar os sinais do envelhecimento. 

Atualmente, a harmonização moderna está no gerenciamento de beleza. A partir dos 25 anos nosso banco de colágeno começa a diminuir e sabemos que ele é essencial para o rejuvenescimento, por isso existem diversas formas de gerenciar o envelhecimento de forma natural e gradativa, aplicando por exemplo os bioestimuladores de colágeno através da sculptra, radiese, fios de PDO, e o ouro líquido da harmonização, nosso queridinho i-PRF (Fibrina Rica em Plaquetas injetáveis), sem exagerar no volume com preenchedores, e quando necessária utilização desses, que seja de forma pontual e com muito senso estético.

Para todos os pacientes que realizam procedimentos aqui no consultório, fazemos o gerenciamento do envelhecimento individualizado, tratando todos os pilares com: biomodulação (Botox), qualidade de pele (microagulhamento, peellings e afins), além dos bioestímuladores de colágeno, tratando a pele em todos seus aspectos e assim entregar resultados harmônicos, belo da forma mais natural possível.

A beleza está em nós e ao compreender toda arquitetura facial conseguimos melhorar áreas específicas, respeitando a identidade do paciente, buscando equilíbrio entre expectativas e limites.

Dra. Márcia é cirurgiã dentista com especialização em Harmonização Orofacial. Foto: Arquivo pessoal 

“Saber envelhecer é obra-prima da sabedoria e um dos capítulos mais difíceis na grande arte de viver”, com essa frase de Hermam Melville, convido todos que almejam resgatar beleza e juventude a conhecer meus serviços e seguir nas redes sociais, sempre terá novidades, e sugestões imperdíveis.


Fonte: DAVIES, CATHERINE., MIRON, RICHARD J.  PRF na estética facial, (2021).
            GARBIN, et al, (2019) Harmonização orofacil e suas implicações na odontologia.
 
 

______

A coluna Beleza e Bem-estar é escrita pela Dra. Márcia Ferraz (CRO/SC 19384), Cirurgiã Dentista com especialização em Harmonização Orofacial.

Faça contato pelo WhatsApp: (49)9 9829 3905

Siga no Instagram: @dra.marciaferraz 

Veja também

Harmonização orofacial: mudanças sutis que elevam a auto estima

Os benefícios dos tratamentos faciais são fundamentais para o bem estar das pessoas. Entenda melhor!